Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • A Carta de Submissão "Cover Letter" foi preenchida com os dados de todos os autores, assinada pelo autor correspondente e anexada na submissão.
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice e formatado segundo o Template disponibilizado em "Diretrizes para Autores" e atende a todas as condições de edição da revista.
  • O resumo do artigo se encontra na forma estruturada e está em português e inglês, com palavras-chave e keywords que constem no índice de Descritores em Ciências da Saúde "DeCS".
  • Todas as citações e referências foram informadas seguindo as normas (ABNT) de citação e de Referências descritas em "Diretrizes para autores".
  • As figuras, tabelas e quadros estão inseridos no texto e não no final como anexo, e possuem qualidade e resolução necessária (no mínimo 300 dpi) permitindo uma perfeita visualização.
  • As URLs presentes no texto e nas referência se encontram disponíveis.
  • O manuscrito possui no máximo seis (06) autores e TODOS tiveram suas informações (nome, nome do meio, sobrenome, e-mail, país, ORCID iD, Instituição de afiliação) inseridas na seção METADADOS pelo autor submetente no momento da submissão.
  • O manuscrito NÃO contém qualquer identificação dos autores seja na página inicial do artigo, nas referências, nas citações, nas tabelas, nas imagens e inclusive da opção Propriedades no Microsoft Word, OpenOffice, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista e a avaliação cega pelos pares.
  • As pesquisas envolvendo, direta ou indiretamente, seres humanos, cumprem os requisitos estabelecidos na Resolução 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde, e o número do protocolo da aprovação emitido pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) foi devidamente mencionado na última linha do item relacionado aos Fundamentos Metodológicos, os quais delineiam a estrutura do artigo cientifico.
  • Todos os autores listados participaram do trabalho e responsabilizam-se pelo seu conteúdo, e estão de acordo com a submissão na RSPMS.

Diretrizes para Autores

A Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul (RSPMS), publicação oficial da Escola de Saúde Pública e da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul, de periodicidade semestral, publica contribuições sobre aspectos relacionados aos problemas de saúde da população e à organização dos serviços e sistemas de saúde e áreas correlatas. São aceitas para publicação as contribuições escritas em português, de acordo com as normas da RSPMS. Os trabalhos são avaliados por pares, especialistas nas áreas relacionadas aos temas referidos.

Os manuscritos devem destinar-se exclusivamente à RSPMS, não sendo permitida sua apresentação simultânea a outro periódico, tanto no que se refere ao texto como às ilustrações e tabelas, quer na íntegra ou parcialmente. Os artigos publicados serão de propriedade da revista, ficando proibida a reprodução total ou parcial em qualquer meio de divulgação, impressa ou eletrônica, sem a prévia autorização da Revista.  Devem ainda referenciar artigos sobre a temática abordados nesta Revista.

CATEGORIAS ACEITAS: 
 
1) Artigos originais: pesquisas originais em saúde pública, que atingiram resultados relevantes e que possam servir de apoio para os serviços de saúde. Devem ser estruturados em: Resumo; Abstract; Introdução; Materiais e Métodos; Resultados; Discussão; Conclusão; Referências. Em caso de pesquisa qualitativa pode apresentar Resultados e Discussão juntos.

2) Artigos de revisão: trata-se de revisão sistematizada e atualizada da literatura na área de saúde pública. Não serão aceitas revisões narrativas, devendo ser classificadas em revisão integrativa, sistemática ou metanálise. Como estrutura deve apresentar: Resumo; Abstract; Introdução; Métodos; Resultados, Discussão, Conclusão; Referências. Recomenda-se que o número de referências na revisão sistemática seja de no máximo 35.

3) Relato de experiência profissional: manuscritos referentes a este relato de interesse para a saúde pública devem constar o local onde ocorreu a experiência, estar dentro dos 5 anos, descrição antes da intervenção, principais resultados alcançados e os aprendizados da experiência com sugestões para o Sistema Único de Saúde. Apresentar na estrutura:  Resumo; Abstract; Introdução; Apresentação da experiência profissional; Discussão; Considerações finais; Referências.

4) Relato de caso: manuscritos referente a este relato devem ser de casos raros, tratamento pioneiro ou possuir alguma inovação, ou resultado inusitado de interesse para a saúde pública.  Verificar questões éticas quando pertinente. Pode ser estruturado em: Resumo; Abstract; Introdução; Apresentação do caso; Discussão; Considerações finais; Referências.

5) Resumos de dissertação ou tese de doutorado: é a informação sob a forma sucinta do trabalho realizado. Deve ser estruturado e destina-se à divulgação da pesquisa na área da saúde pública.

ORIENTAÇÕES AOS AUTORES:

A) Preparo do manuscrito

O original deve ser digitado em editor de texto Microsoft Word ou OpenOffice, fonte Times New Roman, tamanho 12, margem de 3,0 (superior, esquerda) e 2,0 cm (direita, inferior), tamanho do papel A4, espaço de 1,5 entre linhas e páginas numeradas. Os artigos deverão ter variação de 10 a 15 laudas (excluindo resumo e referencias). Estudos de caso: de 8 a 10 laudas. Resumos de Dissertações e teses não devem ultrapassar duas laudas. Notas de rodapé não serão aceitas em nenhuma seção do artigo.

B) Resumo e Abstract

O Resumo deve ser do tipo estruturado em português, inglês, contendo: Introdução; Objetivo; Materiais e Métodos; Resultados; Conclusão. Não pode ultrapassar o limite de 250 palavras (ABNT.NBR-6028, 2003). Deve apresentar ao final as palavras-chave (de três a cinco) separadas por ponto, as quais devem ser obtidas no DeCS (Descritores em Ciências da Saúde) disponível no endereço eletrônico: (http://decs.bvs.br).

No resumo não devem ser feitas citações, referências, nem inclusão de abreviaturas, figuras ou tabelas ou informação pessoal. O resumo em inglês (Abstract) deve seguir o mesmo padrão do Resumo em português com suas respectivas palavras-chave (keywords).

C) Material ilustrativo

O material ilustrativo compreende tabela e/ou figura (gráficos, mapas, fotos, etc.), sendo que o número total de material ilustrativo deve ser de no máximo cinco por artigo. As tabelas deverão ser confeccionadas no mesmo programa utilizado para a elaboração do artigo (editor de texto Microsoft Word) permitindo sua edição no processo gráfico e seguindo as normas da (ABNT.NBR-6022, 2018) e as normas de apresentação tabular do IBGE, recomendadas pela ABNT. Não enviar tabelas em formato de imagem.

Todo material ilustrativo deve ser numerado consecutivamente conforme aparece no texto, e com as respectivas legendas e fontes (quando cabível), e a cada um deve ser atribuído um breve título.

Ilustrações e tabelas reproduzidas de outras fontes já publicadas devem indicar esta condição em seu rodapé. As ilustrações e figuras deverão ter resolução mínima de 300 dpi para fotografias comuns, 600 dpi para fotografias que contenham linhas finas, setas, legenda etc, e 1.200 dpi para desenhos e gráficos. A RSPMS é uma publicação em preto e branco e por isso as ilustrações serão reproduzidas em preto e branco.

D) Nomenclatura

Devem ser observadas rigorosamente as regras de nomenclatura, abreviatura e convenções adotadas em cada disciplinas especializadas. Os originais em língua portuguesa deverão estar em conformidade com o novo Acordo Ortográfico vigente de 1° de janeiro de 2016.

E) Aspecto Ético

A publicação de artigos que trazem resultados de pesquisas envolvendo, direta ou indiretamente, seres humanos está condicionada ao cumprimento dos princípios éticos contidos na Resolução 466/2012 de 12 de dezembro de 2012 do Conselho Nacional de Saúde, além do atendimento a legislações específicas (quando houver) do país no qual a pesquisa foi realizada. Os aspectos éticos devem estar inseridos na seção de material e métodos e os autores devem obrigatoriamente informar o número do processo de aprovação do Comitê de Ética em Pesquisas com Seres Humanos (CEP) ao qual a pesquisa foi submetida.

F) Referências e Citações

As referências devem ser ordenadas alfabeticamente em seção específica do artigo (ABNT.NBR-6023, 2018) e não podem ultrapassar o número de 25, salvo as revisões de literatura, nas quais serão aceitas até 35. Deve-se constar apenas as referências relevantes e que realmente foram utilizadas no estudo.

As citações presentes no texto devem seguir o sistema “autor, data” (ABNT.NBR-10520, 2002), devendo haver correspondência absoluta entre o número de citações e de referências. A exatidão das referências e citações é de responsabilidade dos autores.

PROCESSO DE SUBMISSÃO DO ARTIGO:

Os autores deverão realizar seu cadastro na Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul. O "Cadastro"é obrigatório para submissão dos trabalhos. Os artigos serão recebidos exclusivamente via Sistema OJS da RSPMS na opção "Submissões". Deverão ser encaminhados via sistema os seguintes documentos:

> Artigo (em formato Word ou Open Office).

> Carta de submissão, assinada por todos os autores com indicação do grau de participação (digitalizada em pdf).

Os autores devem acrescentar seu código ORCID no sistema OJS. Caso os autores não tenham ainda seu ID ORCID recomendamos inscrever-se previamente em www.orcid.org.

Quanto aos metadados, o autor submetente deve informar no sistema OJS o título, o nome completo de todos os autores – quando houver mais de um, seus respectivos códigos ORCID, e-mail e país, bem como a principal vinculação institucional de cada um deles, órgão(s) financiador(es) e endereço para contato eletrônico para correspondência. O número máximo de autores são 6 (seis).

Carta de Submissão

Os trabalhos submetidos à RSPMS devem ser acompanhados obrigatoriamente da "Carta de Submissão" assinada e digitalizada conforme modelo "anexo".

Prova

O autor receberá em formato pdf a prova final para a publicação, em que correções formais podem ser realizadas. O prazo para essa revisão é de 48 horas.

Artigos Originais

Política padrão de seção

Artigos de Revisão

Política padrão de seção

Relatos de caso ou de experiência profissional

Política padrão de seção

Resumos de dissertação ou tese de doutorado

Política padrão de seção

Anais de Evento

Política padrão de seção

Suplemento

Política padrão de seção

Seção Especial - 30 anos da Escola de Saúde Pública

Política padrão de seção

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.