Sobre a Revista

Foco e Escopo

A Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul (RSPMS) é um periódico de conteúdo multidisciplinar com periodicidade semestral editado e publicado pela Escola de Saúde Pública Dr. Jorge David Nasser, órgão da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul. Publica manuscritos em diferentes formas de apresentação relacionados à saúde pública (artigos originais, artigos de revisão, relatos de casos ou de experiência, resumos de dissertação e tese em saúde pública) e tem por objetivo ser um veículo de comunicação científica de informação especializada em saúde pública, saúde coletiva e educação em saúde. 

São aceitas para publicação as contribuições inéditas escritas em português, seguindo as regras ortográficas vigentes e de acordo com as normas da Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul e avaliação pelo Comitê e Conselho Editorial composto por especialistas nas áreas relacionadas aos temas referidos. Sendo a avaliação realizada na modalidade duplo-cega.

Os manuscritos devem destinar-se exclusivamente à RSPMS, não sendo permitida sua apresentação simultânea em outro periódico, quer na íntegra ou parcial. Ao enviar o manuscrito, os autores concordam em ceder os direitos de cópia para a Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul, incluindo o direito exclusivo de produção, reprodução e distribuição do artigo.

Os manuscritos devem seguir as recomendações descritas nas Diretrizes para Autores estabelecidas pelo Comitê Editorial da revista, sendo sua submissão realizada exclusivamente por meio do sistema OJS (Open Journal Systems) e estará sujeita a avaliação de seu mérito científico por pares (peer review). Os autores são responsáveis exclusivos pelas informações e opiniões expressas nos trabalhos enviados, bem como a procedência e a exatidão das citações e referências.

Os manuscritos aceitos e aprovados poderão ser modificados para se adequar ao estilo editorial-gráfico da Revista, sem alteração do seu conteúdo técnico-científico e seguirão para publicação de acordo com o fluxo e o cronograma editorial da Revista, que deve ser citada em caso de reprodução total ou parcial em qualquer meio de divulgação, impresso ou eletrônico. Os nomes e endereços informados na revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados pela publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades.

Periodicidade

A Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul é publicada de forma on-line semestralmente, com documentos no formato PDF produzindo duas edições por ano, agrupadas em volumes. Normalmente, a primeira edição é publicada no período de janeiro a junho. A segunda, de julho a dezembro.

Avaliação pelos Pares

A revista é constituída de corpo editorial científico composto por especialistas em áreas que envolvem a promoção da saúde pública e coletiva, com participação na academia, garantindo o rigor científico das informações por ela veiculadas. Compõe-se de Comitê Editorial e Conselho Editorial e outros responsáveis pelos conteúdos publicados e pelo respaldo técnico-científico à publicação. Além disso, compõem a estrutura da revista membros pareceristas, especialistas em vários campos da saúde pública, que participam da avaliação pelos pares.

Os trabalhos recebidos são submetidos à seleção prévia do editor científico que reconhecerá ou não a submissão como dentro do escopo da revista, após análise os trabalhos são encaminhados para avaliação de forma eletrônica pelo OJS na modalidade duplo-cega (double blind review) a pelo menos dois avaliadores (peer review). Usualmente um dos avaliadores será interno e o segundo, externo.

Caso na avaliação final ocorram divergências entre os dois avaliadores, a revista resguarda-se o direito de enviar a um terceiro avaliador, permitindo uma terceira opinião. Após as avaliações o editor decidirá pelo prosseguimento da submissão, que pode ser: aceitação do manuscrito para publicação (condicionada, ou não, à realização de alterações com reenvio ao autor para reformulação) ou rejeição justificada aos autores (com ou sem a sugestão de nova submissão após modificações). Será estabelecido prazo para que os trabalhos, que necessitem de reformulação, sejam reenviados via sistema de editoração, caso contrário, a submissão será arquivada. No caso de nova submissão, o artigo retornará ao início do processo editorial. Os avaliadores da nova versão não serão, necessariamente, os mesmos da versão anterior.

Além das normas estabelecidas, a avaliação terá como critérios: a atualidade, originalidade e relevância do tema, consistência ciêntifica e respeito às normas éticas.

Indexação

A RSPMS e seus artigos estão sendo indexados, depositados e cadastrados em diversas fontes como a Biblioteca Virtual em Saúde (CONASS, ColecionaSUS, SES-MS), Google Scholar, LivRe, Sumários.Org entre outras, com o propósito de promover e dar uma maior visibilidade a seus conteúdos:

Política de Acesso Livre

Oferecemos acesso livre e imediato, partindo do principio de que a disponibilização de forma gratuita do conhecimento cientifico ao publico irá proporcionar maior democratização. Algumas vezes as pesquisas não fecham o ciclo de produção, isto é, não emergem à publicação e difusão do saber aos vários segmentos e níveis da sociedade que poderiam ser beneficiados direta ou indiretamente. Contar com um periódico específico é, na situação de editoração científica nacional e estadual, um privilégio quer para o autor quer para o leitor.

Política de Isenção

A Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul é uma revista de divulgação Científica que NÃO cobra nenhum valor dos leitores ou autores (de qualquer região ou país) pela submissão, processamento ou publicação de suas produções neste periódico, tendo em vista a divulgação de forma gratuita e irresrita da produção científica em sua área de atuação.

Política de Plágio

A submissão de um trabalho à Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul, implica em declaração pelos autores, para todos os fins, de legitimidade do texto enviado, o qual deve ser baseado no trabalho do autor, exceto indicação em contrário. Em hipótese alguma a revista será responsabilizada por violações de direitos autorais decorrentes da não observância desta cláusula.

Política de Privacidade

Os dados coletados de usuários registrados e não registrados na Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul se enquadram dentro do âmbito operacional padrão de periódicos científicos de revisão por pares, sendo utilizados exclusivamentes para os serviços prestados por esta publicação. Confira os detalhes em nossa Política de Privacidade.

Licença de Conteúdo

Todo o conteúdo da Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul, exceto onde identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.