Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul https://revista.saude.ms.gov.br/index.php/rspms <p style="text-align: justify;">A <strong>Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul</strong> é um periódico de conteúdo multidisciplinar com periodicidade semestral editado e publicado pela Escola de Saúde Pública Dr. Jorge David Nasser, órgão da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul. Publica manuscritos em diferentes formas de apresentação relacionados à saúde pública (artigos originais, artigos de revisão, relatos de casos ou de experiência, resumos de dissertação e tese em saúde pública).</p> <p style="text-align: justify;"><em><strong>ISSN Impresso:</strong> 1981-9722 / <strong>ISSN Eletrônico:</strong> 2675-7656</em></p> <p style="text-align: justify;"><strong>Este periódico está indexado em:</strong></p> <p style="text-align: justify;"><a href="http://red.bvsalud.org/rede-ses/" target="_blank" rel="noopener">Biblioteca Virtual em Saúde</a> (CONASS, ColecionaSUS, SES-MS)</p> <p style="text-align: justify;"><a href="https://scholar.google.com.br/citations?user=RndT2_8AAAAJ&amp;hl=pt-BR" target="_blank" rel="noopener">Google Scholar</a> / <a href="http://antigo.cnen.gov.br/centro-de-informacoes-nucleares/livre" target="_blank" rel="noopener">LivRe</a> / <a href="https://www.sumarios.org/revista/revista-de-sa%C3%BAde-p%C3%BAblica-de-mato-grosso-do-sul" target="_blank" rel="noopener">Sumários.org</a></p> <p style="text-align: justify;"><strong>Faça já sua submissão:</strong> <a href="http://revista.saude.ms.gov.br/index.php/rspms/login" target="_blank" rel="noopener">Clique aqui.</a></p> pt-BR <p>O (s) Autor (es) declara (m) que ao submeter um manuscrito na Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul, concorda (m) com os termos da <a href="https://revista.saude.ms.gov.br/index.php/rspms/direitoautoral">Declaração de Direito Autoral</a> e autoriza (m) a Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul a publicar o manuscrito sob a licença <a href="https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/" target="_blank" rel="noopener">Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional</a> e identificar-se como veículo de sua publicação original.</p> revistasp@saude.ms.gov.br (Inara Pereira da Cunha; Maria de Lourdes Oshiro) enunes@saude.ms.gov.br (Euder Alexandre Nunes) Sex, 01 Jul 2022 11:01:28 -0400 OJS 3.2.1.4 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Relatos de experiência em residências multiprofissionais na saúde da família: qual a perspectiva, funções e temáticas das experiências divulgadas? https://revista.saude.ms.gov.br/index.php/rspms/article/view/233 <p>O relato de experiência é um modelo descritivo de texto que se remete a uma experiência que contribuiu para determinada área perceber um fenômeno na vida prática. Sendo a residência em saúde um processo de qualificação da formação profissional que também ocorre no cenário da atenção básica, os relatos têm uma função estratégica no modo de compreensão dos temas sensíveis à atenção básica e o modo de conduzir as experiências na Saúde da Família (SF). Este trabalho tem como objetivo encontrar analisadores sobre como as categorias profissionais se percebem nessa ambiência, o que tem sido compartilhado, como e por quem. Foi realizado um levantamento e posterior análise e revisão sobre relatos de residência multiprofissional na SF. Dentre os 35 relatos analisados, foi observado que há uma dominância de narrativas não-multiprofissionais nos relatos, distanciando da perspectiva preconizada nas políticas de atenção básica no Brasil.</p> Lucas Ramos, Adriele Caldas Copyright (c) https://revista.saude.ms.gov.br/index.php/rspms/article/view/233 uma Saúde da Mulher: Relato de experiência de parto no sistema penitenciário. https://revista.saude.ms.gov.br/index.php/rspms/article/view/232 <p>o Ministério da Saúde, o Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PAISM) que se propunha a ampliar e a qualificar as ações relacionadas à saúde feminina para além da parturição, contemplando entre outros aspectos, entre ele saúde da mulher em sistema prisional.</p> SUELLEN ALVES Da SILVA Copyright (c) https://revista.saude.ms.gov.br/index.php/rspms/article/view/232 FATORES RELACIONADOS À DISFUNÇÃO SEXUAL NO PUERPÉRIO https://revista.saude.ms.gov.br/index.php/rspms/article/view/231 <p><strong>Objetivo: </strong>Sumarizar a prevalência e os fatores relacionados à disfunção sexual no puerpério. <strong>Método: </strong>Trata-se de uma revisão integrativa realizada em oito bases de dados eletrônicas de artigos desenvolvidos nesta temática, publicados em inglês, português ou espanhol, de 2011 a 2020. <strong>Resultados: </strong>Após a leitura e análise dos artigos, 16 artigos compuseram a amostra final e foram analisados por meio de categorias temáticas. Foram identificadas seis categorias principais de fatores: relacionados a escolaridade materna, a problemas sexuais durante a gestação, a lesão perineal, ao tipo de parto, ao tempo de puerpério e a paridade materna. <strong>Conclusão:</strong> As alterações da função sexual no puerpério estão ligadas as alterações biopsicossociais inerentes ao pós-parto. A realização de cesárea não deve ser indicada para preservação da função sexual, pois a mesma é restabelecida aos parâmetros pré-gestacionais de 12 a 24 meses após o parto. A função sexual deve compor a rotina de atendimento puerperal.</p> Caroliny Oviedo Fernandes, Sra Luciana Virginia, Srta Rayanne Valentim, Sra Sandra Freitas, Srta Ana Lígia, Srta Layla Corrêa Copyright (c) https://revista.saude.ms.gov.br/index.php/rspms/article/view/231