O conceito de habitus na análise do conhecimento de mulheres sobre o planejamento familiar

Autores

  • Ana Paula de Lima Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS
  • Lourdes Missio Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS

Palavras-chave:

Educação em Saúde, Saúde Reprodutiva, Saúde da Mulher, Planejamento Familiar

Resumo

Introdução: Habitus é definido baseado nas relações mantidas pelos diversos grupos sociais, no qual fornece respostas sobre a trajetória de vida, concretizado pelos seus comportamentos e atitudes. Objetivo: Este estudo teve por objetivo avaliar o conhecimento de mulheres atendidas em uma Unidade Básica de Saúde sobre o planejamento familiar, seguindo os pressupostos do conceito de habitus de Pierre Bourdieu. Materiais e Métodos: Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, desenvolvida com dez mulheres no município de Dourados/MS, no período de fevereiro a maio de 2016. A coleta de dados deu-se por meio de entrevistas e a análise pela análise de conteúdo proposta por Bardin. Resultados: Os resultados denotaram que as participantes possuem pouco conhecimento sobre o planejamento familiar. Utilizam como método contraceptivo com mais frequência a pílula e a laqueadura. Apontaram que falta uma atuação mais efetiva dos profissionais de saúde com atividades relacionadas ao planejamento familiar o que pode criar novos habitus na saúde reprodutiva. Considerações Finais: Foi percebido que as práticas em planejamento familiar pelas mulheres acontecem por habitus passados entre as gerações.

Downloads

Publicado

2020-04-06

Como Citar

LIMA, A. P. de; MISSIO, L. O conceito de habitus na análise do conhecimento de mulheres sobre o planejamento familiar. Revista de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil, v. 2, n. 1-2, p. 49-60, 2020. Disponível em: https://revista.saude.ms.gov.br/index.php/rspms/article/view/42. Acesso em: 24 set. 2020.

Edição

Seção

Artigos Originais